Que Saudade



o tempo não é suficiente
para matar essa saudade
vontade que vem de dentro
desespero de entrega
normal para quem ama
compreensivo para quem gosta
coisas normais podem se tornar sublimes
estado de espírito
algo incompreensível
pode ser identificado como inesperado
quando o estado repousar
não estará mais surpreso
tempo já passou
agora só mais uma busca
próximo estado passageiro
resta a saudade
sem necessidade de fundamento
prova da existência do espírito
em mim somente refletido
durante um período de tempo
sempre insuficiente

1 comentários:

Anônimo disse...

muito bem escrita e profunda.

Postar um comentário