Me escapa...





O ser é mais que a linguagem,

O ser é o não falado,

Aquilo que não se escreve,

O ser vai além do tempo,

É lento processamento.

Todo conhecimento

Segue insano.

Procurando mundos

Estranhos.

Enquanto não conseguem,

Resolver o problema

Humano.

A mente se confunde,

Tanta informação,

E desinformação.

Tanta incoerência

E muito distração.

São muitas palavras,

Nenhum significado.

Os conceitos se esquivam,

Nunca permanecem

Parados.

No momento que a mente

Se encontra com o espírito,

O dito escapa

Sempre ao sentido.

Me confundo

Afundo minha existência,

Mergulho no mundo.

E com palavras que

São inconstantes significados,

Falo tudo aquilo que

Não pode ser dito.

Aquilo que

Não pode ser falado...

0 comentários:

Postar um comentário