A flor que brotou.


Os sorrisos,
O carinho.
Com afeto
É divertido.

Um abraço.
Um amasso,
O que faço?
Pegou-me no laço,
E pegou com amor...

A beleza,
As prosas.
As alegrias
Saudade restou...

Seus olhos,
Sua boca.
Minha boca,
Seu pescoço,
Vejo-me louco...

Sua cama,
Seus livros.
Acenda a chama,
E o mal esquecer.

Um suspiro,
Nos olhos brilho.
Não sei o que sinto,
Mas acho que é amor.
Brotou como a flor...

1 comentários:

Thiago brOw disse...

'És minha adorada, tão linda quanto a flor que em meu jardim brotou essa manhã...'

Postar um comentário